More Website Templates @ TemplateMonster.com. November 21, 2011!

Discografia




2008. Versos Urbanos

Em seu álbum de estréia "Versos Urbanos", Daniel Navarro musifica o orgulho de ser paulistano, homenageando não só a cidade de São Paulo, como também o próprio modo de viver de seus habitantes. A primeira faixa, que dá título ao CD, já anuncia seu processo criativo ("minha arte é produto da rua") e a maneira como sua musa o inspira (aqui tudo pode tornar-se poesia).

Com ritmo cadenciado que remete à frenética São Paulo, o cenário urbano vai se construindo através dos versos, com motes que serão mais bem desenvolvidos nas faixas subseqüentes. Longe de ignorar os problemas da cidade, Navarro nos convida a refletir sobre a poesia e sentimento presentes em nosso cotidiano e, assim, a descobrir a beleza nada óbvia de Sampa, idéias que ressurgem em Expresso Paranapiacaba. Há referência também ao hábito tão paulistano de ir à praia nos finais de semana ("eu desço a serra da Anchieta-Imigrantes num dia de sol"), que é retomado em Um Samba de Roda, em que o cenário é o litoral paulista. Ou o uso da metalinguagem para definição da sua própria arte.

Despretensioso, ("só de farra eu vou pegar minha guitarra e vou tocar rock and roll"), o artista declara que "talvez seja um vira-lata e a miscigenação sua matéria prima", o que pode ser confirmado ao longo das outras 11 faixas, que contemplam diversos ritmos e, tal qual a cidade que canta, são produtos da mistura das diversas influências que recebeu. é impossível ser paulistano e não amar essa cidade tão cheia de contrastes, que não se revela à primeira vista e que nos conquista lentamente através da convivência. "Versos Urbanos" é uma declaração de amor e dá voz a esse sentimento.

Tatiana Gabbi